Ao adquirir uma arma exija sempre a Nota Fiscal...

28/07/2012



Recomendações úteis ao adquirir uma arma, independente da loja onde irá adquiri-la, exija sempre a Nota Fiscal, ela é o único documento que comprova a origem legal do produto adquirido e deve sempre acompanhar a arma, durante o transporte . Para evitar transtornos exija também que na Nota Fiscal estejam inseridos os seguintes itens: Nome completo do comprador, nº do CPF e da RG. Endereço completo (preferencia informar endereço residencial). Fornecer seu endereço de e-mail ao lojista, pois desta forma voce receberá uma cópia da NFe por e-mail, se perder a NFe, terá o arquivo para imprimi-la novamente. Descrição completa da arma, incluindo o calibre, e principalmente o nº de série, pois é este nº que comprovará que aquela arma pertence àquela NF, acabando com a possibilidade de uma mesma arma ser vendida varias vezes, através de trocas consecutivas pelo lojista inescrupuloso, seja por que a arma não agradou o cliente e foi trocada por outra, ou por que apresentou defeito e tbém foi trocada. Se aceitar uma arma com Nota Fiscal sem o nº de série da arma, voce poderá ser a vitima, e receber a arma que foi usada e devolvida por outro cliente, e depois revendida como nova para voce, fique atento. Perda de Garantia: Todos os distribuidores de armas no Brasil, para darem garantias dos seu produtos, exigem que conste o nº de série da arma na nota fiscal, este procedimento garante que esta nota fiscal não seja reutilizada indevidamente em outras armas da mesma marca e modelo (para cobrir falsas garantias). Os importadores/distribuidores legalizados no pais, tem controle dos nº de séries das armas que importam e distribuem, então colocar o nº de série na NF é uma garantia ao cliente do produto que está adquirindo. Comprovação de origem/Nota Fiscal: A Nota Fiscal de venda ao consumidor, é o único documento que comprova a origem de uma arma, já que o comércio deste tipo de produto no Brasil (produto controlado), só é permitido entre empresas (comércio especializado) e o cliente (consumidor final). Segundo a Receita Federal, é proibido o comércio de qualquer tipo de produto com fins lucrativos entre pessoas fisicas. Em caso de dúvidas contate a Receita Federal/Rec Estadual. Se voce adquiriu uma arma nova no Brasil, sem Nota Fiscal, contate a Receita Federal e o Exército (DFPC/SFPC), e apresente os documentos originais da arma que lhe foram fornecidos. Estes órgãos irão confirmar a autenticidade e a legalidade destes documentos. Lembre-se de que o comércio entre pessoas fisicas é proibido. Atenção: Não confundir uma venda eventual, onde uma pessoa comprou um produto, usou e depois resolveu vender, com o comércio com fins lucrativos, onde há anúncios de vendas de produtos, isso caracteriza as diferenças das modalidades praticadas. Não é só o comerciante de produtos de origem ilícita que pode ser penalizado, o comprador também poderá ser, dependendo do entendimento da autoridade.

:: Voltar